Como enviar seus produtos para o Google Shopping

Uma das ferramentas mais interessantes do Google para as lojas virtuais é o Google Shopping, que gera boa taxa de conversão para produtos mais populares, amplia a exposição da loja integrando ferramentas como Remarketing e com a nova ferramenta de Display ainda permite que seus produtos sejam veiculados em grandes varejistas.

Enfim, o Google é uma excelente ferramenta para quem quer divulgar seus produtos, e para quem não sabe, há um tempo atrás chegou a ser uma ferramenta gratuita.

O posicionamento no Google Shopping depende de qualidade de conteúdo e CPC

E exatamente por ter sido gratuita, não é apenas o lance que você dará pela categoria do produto que será usado para o posicionamento dele junto aos concorrentes. Os produtos que são fornecidos para o Google também devem conter o máximo de informações possíveis e diferenciadas para que o produto conquiste, é claro, um bom lance e um bom posicionamento na classificação.

Mas como enviar estas informações junto com os produtos para o Google Shopping? O primeiro passo, para quem ainda não conhece, é se cadastrar no Google Merchant Center, após o cadastro e preenchimento das informações o usuário contará com um painel onde poderá não só enviar sua lista de produtos mas também acompanhar o desempenho deles e se estão ou não no ar.

O envio de produtos no Google Shopping pode ser feito por planilha, feed de dados e API

Como já falamos, é dentro do Merchant Center que o lojista poderá enviar seus produtos para o Google, podendo escolher até 3 formas de envio: Planilha, Feed de Dados e API.

Através da planilha o trabalho é maior, pois além do preenchimento manual, a atualização de preços e de estoque dos produtos também depende do preenchimento da planilha.

Já no Feed de Dados a coleta de informações é feita diretamente por um arquivo para lojas, com um número considerável de produtos essa pode ser a melhor forma de enviar. Além disso, o Google permite que você configure de quanto em quanto tempo a lista de produtos deve ser atualizada.

Neste link você poderá encontrar mais informações sobre como montar o seu Feed de Dados e as melhores práticas dele junto ao Google: Especificação do feed de produtos

E por fim, a API também é uma forma prática de enviar e manter atualizados seus produtos. Como depende da criação de um programa, ela se torna mais popular para as grandes lojas, mas pode trazer grandes vantagens principalmente na atualização dos produtos e na seleção deles para campanhas especificas.

Boas Vendas!

Posts Relacionados

Faça seu Comentário