Viral dá certo?

Que viral dá certo é indiscutível. Exemplos espalhados pela internet não faltam, mas muitos se perguntam qual a fórmula para o viral dar certo.

Independente se você pretende fazer um viral com imagens no Facebook ou um vídeo no Youtube, não existe uma fórmula mágica para ele dar resultado e se alguém lhe garantiu que tem essa fórmula, saia correndo.

VIRAL= (2*ESTUDO)+(1/2*DE SORTE)

O viral é uma mistura de muito estudo de público-alvo com um tanto de sorte, e não tem como contar com a sorte.

Da mesma forma que pode ser um sucesso, pode ser um fracasso e os motivos para ambos ocorrerem podem ser exatamente os que causaram o inverso, como também podem se contradizer.

Mas existem alguns fatores que são importantes e que devem ser levados em consideração quando você for desenvolver o viral da sua empresa.

Por mais que o viral tenha uma cara amadora e popular, é necessário e importante que seja feito de forma profissional.

E isso se dá ao fato de caber uma análise precisa do público-alvo para saber até que ponto ele está aberto a esta linha de comunicação que você está seguindo e o que irá fazer despertar o interesse em compartilhar.

O viral só funciona se o impactado compartilhar positivamente seu material

Lembrando que compartilhar de forma negativa não é resultado. Mesmo seguindo aquela máxima “Falem bem ou falem mal, mas falem de mim”, por mais que sua marca seja propaganda para milhares ou milhões, estes estão tendo uma impressão ruim da sua empresa e por isso é importante ser feito um trabalho profissional.

Mas produzir um vídeo gera custos muito altos, e se é pra ter cara de amador, qual o problema de ser produzido de forma amadora? A questão é que quando é feito de forma profissional, é possível manter um controle sobre a situação e tentar reverter um eventual deslize ou falha.

De forma amadora, além da falta de controle, existe ainda o risco de expor que a empresa não tem potencial e automaticamente aumentar ainda mais as más impressões.

A melhor alternativa ao amadorismo é não fazer. Se sua empresa não pode investir alto, é melhor procurar outro meio de comunicação, assim você evita que os prejuízos sejam maiores.

Até o Próximo Artigo!

Posts Relacionados

1 comment

Para ser um colaborador a distancia não é fácil principalmente quando não tem órientasão.

Faça seu Comentário