Os sete pecados das lojas virtuais

Nos últimos anos, o número de lojas virtuais vem crescendo expressivamente, ultrapassando a marca de 20 mil lojas e com perspectiva de chegar a 45 mil até o final de 2014.

O preocupante destes números é que apenas 30% destas lojas virtuais são consideradas ativas, ou seja, estão oficialmente funcionando. O restante são lojas que foram abandonadas ou que não movimentam o mercado.

Uma série para ajudar as lojas virtuais

Tendo em vista estes números e o potencial de crescimento do mercado brasileiro, resolvemos lançar durante 7 semanas uma série de posts que vão descrever e procurar solucionar os principais problemas que levam os empreendedores a desistirem de suas lojas virtuais.

Vamos analisar porque uma loja virtual leva tempo para obter resultados, não sendo possível contar com resultados imediatos e o quanto este tempo pode interferir no planejamento financeiro do empreendedor;

O que o layout diz sobre sua loja para os seus clientes e como ele interfere na decisão de compra dos consumidores. Porque a divulgação e a renovação não podem parar e devem ser mantidos mês a mês.

E para finalizar, vamos novamente ver o quanto a opinião do cliente é importante nos dias de hoje e o quanto o pós venda pode influenciar o sucesso de sua loja virtual.

Não perca nas próximas semanas estas dicas, que irão auxiliar tanto você que está querendo abrir sua loja virtual quanto você que já está batalhando pelo sucesso.

1º Pecado – Querer Resultados Imediatos;

2º Pecado – Falta de Planejamento Financeiro;

3º Pecado – Layout Fora de Contexto;

4º Pecado – Falta de Sequência na Divulgação;

5º Pecado – Não se Renovar;

6º Pecado – Não ouvir a Opinião do Cliente;

7º Pecado – Abandonar o Cliente Após a Venda (Pós-Venda).

Boas Vendas!

Posts Relacionados

Faça seu Comentário