Formas de Pagamento para Lojas Virtuais

A questão é simples, se para o consumidor comprar é preciso ter uma fonte financeira, a loja virtual para vender precisa ter meios de facilitar a venda para seus consumidores.

As lojas virtuais naturalmente já contam com duas limitações tradicionais. O pagamento em dinheiro vivo não existe, afinal estamos em um ambiente virtual, e a segunda limitação apesar de algumas lojas aceitarem é o pagamento em débito.

Hoje o pagamento em débito ainda é um processo complicado, já que depende do consumidor sair da loja e acessar o site do banco, criando vários procedimentos que para um consumidor leigo podem ser considerados como de risco, e devido a estas complicações a pouca escolha dos consumidores em utilizá-lo, normalmente é descartado.

A internet permite várias formas para fazer a cobrança de seus clientes

Mesmo com estas limitações a internet possibilita “n” formas de pagamento, desde as mais tradicionais como cartão de crédito e boleto, como as que estão se tornando mais populares no Brasil que são as carteiras digitais como Pay Pal e Pag Seguro.

É importante como sempre o lojista ficar atento ao público de sua loja ao escolher quais formas de pagamento irá disponibilizar em sua loja virtual, principalmente nas lojas mais novas.

Apesar de mais fáceis para o lojista ter em sua loja e aparentemente mais seguras para ambas as partes, as carteiras digitais ainda podem ser uma barreira para usuários inexperientes com o mundo virtual, podendo fazer com que desistam da compra.

O ideal é que a forma de pagamento não leve em conta apenas as taxas cobradas, mas principalmente o público-alvo da loja virtual

Da mesma forma que não ter esta opção para determinados públicos que pensam em uma segurança maior principalmente ao comprar em lojas pouco conhecidas, pode ser também uma barreira para finalizar a compra.

Mesmo no tradicional cartão de crédito é necessário ter consciência de quais bandeiras estão de acordo com seu público. Se a sua loja foca em um público com menor poder aquisitivo, é melhor optar por aceitar as bandeiras mais comuns como forma de pagamento.

É claro que neste artigo não estamos considerando as taxas envolvidas em cada uma das formas de pagamento, mas o ideal é que após conhecer seu público-alvo, sua loja procure ter o máximo de formas de pagamento possível.

Boas Vendas!

Posts Relacionados

Faça seu Comentário